terça-feira, 6 de abril de 2010

Aniversário de Namoro

Sentados em uma mesa de um simpático café, estão um garoto e uma garota. O garoto sabia que eram perfeitos um para o outro, ela o completava. E foi ali, no dia 31 de maio, que ele a pediu oficialmente em namoro.
- Namoro André? - Ela estava radiante. Permaneceu assim, por uns dois segundos. Com a expressão tornando-se confusa, soltou a pergunta: - Espera, que dia é hoje?
- Hoje é dia 31, amor.
- 31? Tem certeza?
- Tenho sim. Agora me diz, qual sua resposta?
Silêncio. André apreensivo.
- Clarissa?
- Sabe o que é, André? Eu estava esperando esse pedido faz algum tempo...
- Então, eu estou fazendo agora! Antes tarde do que nunca, não é?
- Mas justo dia 31?
- Qual o problema do dia 31?
Clarissa, em vez de responder, fez aquela cara que poucas pessoas conseguem fazer tão bem. Uma cara que diz "eu-não-acredito-que-você-não-está-entendendo-o-problema".
- Meu Deus, Clarissa, qual o problema do dia 31? Aconteceu alguma coisa nesse dia? - André perguntou, cauteloso. Afinal, nunca se sabe, a avó dela poderia fazer aniversário de morte no dia 31 de maio.
- Ai André, não aconteceu nada. Mas pense no que vai acontecer!
- Meu amor, eu não estou entendendo. É algum tipo de superstição...?
- Ai, como você não vê? Nosso aniversário não pode ser no dia 31! Afinal, como vamos comemorar nosso primeiro mês de namoro, por exemplo?
- Aonde você quer chegar?
- Junho só tem 30 dias, amor. 30 dias e não 31! Vê o problema agora?
André riu. Então era só isso. Que bobagem.
- Minha linda, a gente comemora no dia primeiro de julho.
- Sim, mas e o próximo? - Quando viu o rosto confuso de André, Clarissa tratou de explicar: - Junho só tem 30 dias, mas julho tem 31 dias. Mas como a gente iria comemorar o aniversário no dia 31 de julho se a gente já comemorou no dia primeiro?
- E qual o probelma de comemorar duas vezes no mesmo mês? - Tentou pegar a mão dela - Afinal, para comemorar um ano, que é o importante, não vai ter problema.
Clarissa tirou sua mão das dele.
- Amor, mas daí não iria ser um mês de namoro. Ia ter passado apenas 29 dias. Isso não é um mês.
- Então a gente comemora dia 30 de junho e depois no dia 31 de julho. Esquece isso, o importante é que vamos ficar juntos...
Aparentemente isso não era o mais importante para Clarissa, que não estava contente ainda. Afinal, por que ele tinha que pedir bem nesse dia? Ao ver a futura namorada aborrecida, ocorreu uma coisa ao rapaz:
- Afinal, para você, o mês tem 30 ou 31 dias?
- 30, né, André - Disse ela. Mas depois pensou melhor - Quero dizer... Ah, depende. Pode ter 30 ou 31.
- Então, se a gente nem tem certeza de quantos dias tem um mês, esquece isso.
- Esquecer? Você quer que eu esqueça? Como se a culpa fosse minha!
- Que culpa, meu amor, que culpa? Não é uma briga, relaxa...
- Pois a culpa é sua, que me pediu em namoro hoje, logo hoje! Tantos dias no mês e ele me pede em namoro justamente no dia 31. Porque você não pediu ontem, por exemplo?
- Ontem é? - André estava perdendo a paciência - E o que você me diz de fevereiro?
- Fevereiro?
- Sim. Não poderia te pedir em namoro ontem. Como ia ser o nosso... - Fez as contas - ... Nosso décimos aniversário? Fevereiro não tem nem 30 dias.
- É, você tem toda a razão.
- Eu sei, Clari. Agora me diz: você me ama?
- Ora, mas é claro que sim.
- Você quer ficar comigo?
- Quero.
- Então pronto. Resolvidos todos os problemas.
Uma garçonete chegou com os lanches dos dois. Dois sanduíches, um suco de morango (para ela) e uma coca (para ele). André muda de assunto e lancha normalmente, alheio do fato que Clarissa estava estranhamente quieta.
Foi quando ele estava contando uma história sobre futebol que Clarissa finalmente disse:
- Já sei!!
- Já sabe? Mas... Eu já contei essa história para você?
- Não é isso, bobinho - Ela retrucou rindo - Eu já sei como resolver o problema do nosso namoro.
- Eu pensei que a gente já tinha resolvido esse problema. Aliás, nem temos um problema!
- Na verdade, nós tínhamos um problema! Escuta só: vamos marcar nosso namoro através do calendário lunar!
- Calendário lunar? Clarissa, você está louca? Prestou atenção a pelo menos uma palavra do que eu falei durante o lanche?
- Claro que prestei, amor. Mas, sério, o calendário lunar resolve os problemas! É muito mais preciso!
- Você quer calcular os meses do nosso namoro através de um calendário lunar?
- É. Calendário solar não está com nada.
Ocorre um momento de silêncio antes de André falar novamente.
- Você não acha que está exagerando?
- Exagerando? Eu?
Outro momento de silêncio. Um momento longo dessa vez. Foi Clarissa quem falou:
- Vamos fazer assim, André: eu recuso seu pedido de namoro.
- Quê?!
- Isso mesmo. Eu recuso. Daí, amanhã a gente se encontra aqui, na mesma hora que hoje, e você me pede em namoro de novo. No dia primeiro de junho. Pronto.
Falado isso, ela levantou-se, deu um beijo nele e foi embora.
Clarissa nunca entendeu porque André não apareceu no dia seguinte.

Um comentário:

  1. There's SHOCKING news in the sports betting industry.

    It has been said that any bettor needs to see this,

    Watch this or quit placing bets on sports...

    Sports Cash System - Automated Sports Betting Software.

    ResponderExcluir